0 Compart. Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Compart. ×

O video wall é utilizado por diversas empresas que adotaram o digital signage como uma solução para o negócio. Além de trazer diversas vantagens operacionais, a tecnologia chama a atenção devido à sua beleza e flexibilidade em relação à forma que o conteúdo pode ser exibido.

Se você já trabalha com digital signage, provavelmente já está acostumado com os termos mais utilizados e já deve ter ouvido falar sobre ele.

Mas se você ainda está começando ou não conhece todos os conceitos, neste artigo vamos explicar o que é o video wall, como é utilizado na sinalização digital e todas as informações que você precisa saber.

Se você já conhece todos os conceitos e o que é a tecnologia, confira essas 5 dicas de como montar um video wall.

O video wall também pode ser chamado de display wall e é uma ótima maneira de utilizar a sinalização digital para o seu negócio por ser versátil, podendo se apresentar em diversos formatos tendo como objetivo atrair a atenção do seu público.

Apesar de ele ser um pouco mais caro do que outras opções do mercado, a taxa de retorno é alta e possui diversas vantagens que serão abordadas ao longo deste artigo.

Então se você quer entender tudo sobre video wall e saber se vale a pena utilizá-lo, continue lendo que vamos explicar tudo.

Tipos de video wall

O video wall nada mais é do que duas ou mais telas que são colocadas juntas, bem próximas, para dar a impressão de ser apenas uma tela bem maior.

A solução é diferente de um painel de LED, que, resumidamente, se trata de um painel composto por milhares de pequenos diodos emissores de luz (LED) agrupados em placas eletrônicas.

Há um espaço entre cada um desses LEDs, o que influencia bastante na qualidade da imagem exibida. Basicamente, quanto maior o espaço entre eles, maior a distância necessária para visualizar a imagem exibida com nitidez.

Por isso o video wall é uma das maneiras de sinalização digital que mais chamam a atenção e a qualidade da imagem exibida é superior ao LED. Porém é preciso ficar atento a alguns detalhes para ter certeza de que se está utilizando um video wall de forma correta.

Por exemplo, não basta ter duas ou mais telas uma do lado da outra se cada uma está reproduzindo um conteúdo diferente, isso pode acabar até mesmo prejudicando, pois o público poderá ficar confuso e não saber onde prestar atenção.

Também não basta ter as telas juntas passando o mesmo conteúdo. O que acontece no video wall é que cada tela irá mostrar uma parte do conteúdo de maneira sincronizada Videowall_2_miniformando um único vídeo exibido em uma super tela composta por vários monitores.

Uma outra alternativa interessante de uso é ter um video wall em que cada tela mostra um conteúdo diferente, mas que em alguns momentos elas se unem, como se fossem uma: cada tela mostrando uma parte do conteúdo. Essa estratégia é muito utilizada no mundo inteiro em Menu Boards Digitais de franquias de fast food.

Tipos de borda e telas

Algo que precisa ser levado em consideração é a hora de comprar as telas para poder fazer um video wall, pois é preciso que todos os monitores tenham o mesmo tamanho e a mesma resolução para que não se perca a qualidade de imagem de uma tela para outra, uma vez que isso pode acabar prejudicando o resultado final do seu vídeo e não dando o retorno que se espera.

As bordas são muito importantes também. É necessário optar pelas mais finas possíveis, pois quanto mais finas as bordas do monitor, menor será a “quebra” de uma tela para outra e assim é possível se ter a impressão de que o vídeo está sendo exibido em uma tela gigante e não em várias telas unidas.

As bordas são tão ou até mais importantes do que a resolução das telas, pois as bordas são mais visuais e quanto maior a borda, maior o espaço entre as telas e isso pode provocar no público a sensação de estar assistindo a um vídeo cortado.

Formatos de Vídeo Wall

Existem alguns formatos específicos para o Video Wall:

  • Mosaico:
    Em que, como o próprio nome já diz, a união das telas formará um mosaico. Nesse caso são utilizados vários monitores dispostos de maneira irregular. Para esse formato especificamente é necessário um software próprio para processamento de video walls para poder configurar o vídeo e saber exatamente onde cada tela deverá ser posicionada.

Exemplo de Video Wall Mosaico

  • Matriz quadrada:
    Nesse formato o número de linhas e colunas têm o mesmo número de telas, por exemplo 3X3, 4X4, 5X5 e quantas mais quiser.

video wall quadrado

  • Portrait:
    Esse formato parece um “retrato” e possui apenas uma coluna com várias linhas. Em alguns casos é possível utilizar mais de uma coluna de telas, porém o número de linhas sempre será maior para dar a impressão de uma tela vertical.

Video wall em formato portrait (retrato)

  • Landscape:
    Exatamente o contrário do portrait, nesse caso o número de linhas será menor que o número de colunas, dando a impressão de uma tela widescreen, por exemplo.

Video wall landscape (paisagem)

Vantagens

O video wall é uma das formas de digital signage que mais chamam atenção do público e por isso é uma das que mais gera retorno.

É muito mais fácil que as pessoas parem para ver, nem que seja por poucos minutos, o conteúdo disposto em um video wall, do que se estivesse em apenas uma tela.

Ele chama atenção e faz com que as pessoas se interessem por ele. Tanto que é um dos mais concorridos entre os anunciantes, que querem mostrar a sua marca nessas telas, pois sabem que isso atrai os clientes.

O gerenciamento do video wall não é tão complicado quanto parece! Quando você utiliza um software especializado tudo se torna mais simples e prático. O 4YouSee Manager faz todo o gerenciamento de maneira remota e com qualidade.

Além disso, o video wall é uma das maneiras mais modernas de digital signage, uma vez que surgiu juntamente com a popularização das telas LFD e LCD e desde então vem se popularizando cada vez mais, por ser uma maneira dinâmica de chamar a atenção do público.

Onde instalar?

O video wall é comumente instalado em shoppings, hall de entrada de eventos, boates e shows, porta e vitrine de lojas, nas áreas próximas aos caixas das lojas, ou seja, nos locais onde existe uma grande circulação de público.

Escolher adequadamente o local para a instalação das telas é muito importante, pois não adianta colocá-las em um lugar onde há pouco movimento e quase ninguém irá ver o conteúdo.

Quanto maior o lugar e quanto mais pessoas passarem por elas durante o dia melhor, por isso além dos locais já citados acima, feiras, exposições e grandes eventos também são locais ideais para instalá-las.

Lembrando que é importante conhecer bem o local onde o video wall será instalado, para assim definir o melhor formato a ser colocado e a duração do vídeo, pois isso é essencial para chamar atenção do público.

Estude o local de instalação e o público que o frequenta, assim será possível saber se o video wall é a melhor opção para aquele ambiente.

Espero que com esse post você já consiga ter uma boa ideia de o que é e como utilizar um video wall no seu projeto de Sinalização Digital.

Apesar de esse ser um formato de exibição que demanda esforço e investimentos um pouco maiores, o retorno compensa a implementação desse tipo projeto.

E com novas tecnologias como o Video Wall Sincronizado do 4YouSee, você consegue implantar seu video wall com facilidade e utilizando equipamentos comuns disponíveis no mercado.

Dúvidas? Fale com um consultor sobre seu video wall. Teremos prazer em lhe ajudar :)

0 Compart. Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Compart. ×