O número de telas planas que as pessoas têm visto diariamente aumenta a cada dia. Segundo pesquisa da Intel, 2015 deve fechar com 22 milhões de telas em todo mundo exibindo programação de TVs Corporativas e Redes de Mídia Digital Out of Home.

Se você é uma pessoa comum, que trabalha ou estuda, vai ao Shopping, utiliza transporte coletivo ou táxi, come em lanchonetes e restaurantes, visita o supermercado 1 ou 2 vezes por semana, corta o cabelo, pega elevador – enfim, se você faz essas coisas que a maioria das pessoas fazem diariamente, certamente está vendo algumas telas tentando chamar a sua atenção, sobretudo se você vive em uma capital ou grande cidade.

Parte da literatura sobre Digital Signage classifica as ações de mídia digital e TV Corporativa em 3 categorias, de acordo com o potencial de envolvimento do público com as telas:

1. Espera Forçada

Espera Forçada

Redes para público em espera forçada atingem pessoas que estão aguardando para receberem algum produto, serviço ou atendimento. É comum nesses casos informar horário e local de eventos e reuniões, mostrar um painel de notícias, indicadores financeiros e previsão do tempo.

Prédios comerciais modernos utilizam soluções de Digital Signage para levar informações relevantes a visitantes e pessoas que trabalham no local, como imagens de paisagens, florestas e animais, vídeos engraçados, pegadinhas, que podem estar ou não acompanhadas por uma ambientação musical.


 

2. Ponto de Venda

Ponto de Venda

Redes de mídia digital ou tv corporativa em pontos de venda são aquelas onde o consumidor se encontra no local onde produtos ou serviços podem ser comprados ou contratados. Tais implantações são projetadas para entregar um retorno de investimento que possa ser medido.

Grandes redes de varejo em todo o mundo estão utilizando Digital Signage em PDV para fazer promoção cruzada de produtos, personalizar e melhorar a
experiência de compra dos consumidores, além de educar os consumidores entregando informações úteis comodicas para conservação de alimentos ou como combinar uma blusa com outras peças do vestuário.


 

3. Deslocamentos Rotineiros

Deslocamentos Rotineiros

São os casos em que a audiência são pessoas se deslocando, seja do trabalho para casa, indo a um curso de inglês, caminhando no shopping, etc.

Projetos de digital signage com foco em público se deslocando são comuns em estações de trens e metrôs, aeroportos, estações e dentro de ônibus e táxis. Nesses projetos o digital signage atende às necessidades dos usuários de transporte, mostrando informações em tempo real contextualizadas com sua localização.