A operação de um sistema de digital signage (ou sinalização digital) é um dos negócios mais lucrativos do momento, com excelentes taxas de retorno e uma rápida recuperação do valor investido. Mas o principal segredo para tornar qualquer investimento nessa área seguro e rentável é a escolha das ferramentas e sistemas corretos para se trabalhar, que garantam a facilidade de operação do negócio, permitindo que os operadores se mantenham focados em comercializar seus serviços.

A seguir, veremos alguns dos principais requisitos que devem estar presentes em um bom sistema de digital signage.

 

Criação de conteúdo

Um bom sistema deve contar com uma ferramenta que facilite a produção do conteúdo, sem exigir conhecimento de programação ou domínio de ferramentas complexas de design gráfico. Com simples operações de seleção de cenário e arrastar de objetos, você deve conseguir montar vinhetas de forma rápida, com uma interface amigável e intuitiva.

Dê preferência a ferramentas que contem com interface Web, evitando a necessidade de instalação de software e assegurando que você possa utilizá-lo na plataforma que for mais conveniente. E por falar em plataformas, assegure-se que o conteúdo produzido possa ser visualizado em qualquer tipo de dispositivo, dando preferência a ferramentas que gerem HTML5.

 

Modelo Self-service (opcional)

Se você tem conhecimento e facilidade com tecnologia, uma boa opção podem ser os sistemas que dispensam a contratação de empresas especializadas para a construção do conteúdo. Mas lembre-se que uma boa solução deve oferecer todos os elementos que você possa executar o software de forma prática e rápida.

 

Navegação amigável

A navegação no sistema deve ser amigável, contando com os recursos mais modernos de interface com o usuário, e oferecendo uma experiência de utilização simples e eficaz. A interface deve ser limpa e permitir que o usuário se mantenha focado no trabalho, facilitando o processo criativo.

 

Variedade de conteúdo e formatos

A solução deve contar com uma ampla variedade de conteúdos, e suporte às mais variadas fontes de informações e formatos de arquivos. A criação de uma playlist para os pontos é um ótimo recurso para agilizar a criação e organização do conteúdo, que pode ser criado arrastando itens como vídeos, imagens, notícias de feeds RSS, entre outros tipos de chamadas e vinhetas.

 

Monitoramento de pontos

Procure certificar-se que a solução selecionada conta com recursos de monitoramento de pontos. Isso permitie uma rápida identificação dos pontos que estejam fora de serviço ou que apresentem algum tipo de problema. Através da parametrização de status baseado no tempo sem conexão entre os pontos e o gerenciador, é possível definir quando ele é considerado off-line, e quando ele pode estar em status intermediários, como “em observação”, “necessita verificação”, etc.

 

Multi-plataforma

No mundo atual, a flexibilidade de poder utilizar diversos hardwares e plataformas é indispensável. Certifique-se que a solução selecionada conta com suporte a Android, Windows e Linux, que são hoje as plataformas em sistemas comerciais.

 

Suporte e atendimento

O suporte e o atendimento garantem a segurança do sistema. Por isso, esse é um ítem importante e que não pode ser esquecido no momento da decisão. Um suporte eficiente vai te apoiar nos momentos de crescimento e ajudar com a solução rápida de problemas e as orientações necessárias sempre que preciso.

 

Segurança e estabilidade do software

A estabilidade do software utilizado é primordial para o bom desempenho da solução adotada como um todo. De nada adianta contar com uma solução tecnologicamente avançada, mas que não ofereça a segurança e a estabilidade necessárias. Lembre-se que um ponto fora do ar representa receita sendo perdida.

 

Esses são alguns dos principais fatores a serem considerados. Se você já utiliza uma solução de digital signage e identifica outros pontos que devem ser levados em consideração, compartilhe conosco nos comentários.
Consultor Virtual 4YouSee