Você está utilizando ou pretende comprar players Android para sua operação de digital signage? Ótimo! Você está seguindo uma tendência de mercado que tem se mostrado eficiente no Brasil e também em diversas partes do mundo.

Em meu post sobre “Por que utilizar Android em seu projeto de Digital Signage?”, eu apresento os motivos pelos quais o sistema operacional da gigante Google tem sido escolhido como solução para diversas implantações de Digital Signage em todo mundo.

Em resumo, a combinação entre baixo custo, boa performance de execução de vídeo e grande disponibilidade de softwares de digital signage fazem do Android uma escolha bastante comum para se implantar players de redes de Digital Signage.

Se é boa a notícia de que você está surfando a onda correta ao usar players Android em sua rede de mídia digital ou tv corporativa, alguns pontos PRECISAM ser observados para que a sua escolha não gere prejuízos e situações desconfortáveis no seu negócio.

Há alguns anos temos acompanhado no 4YouSee diversas implantações de projetos de Digital Signage em diferentes segmentos. Fomos uma das primeiras empresas do mundo a lançar player Android para Digital Signage em 2012, e desde então já pude acompanhar vários projetos utilizando Android.

Com base nessas experiências, entendo que muita atenção deve ser dada aos seguintes aspectos na hora de planejar implantações ou expansões de projetos de Digital Signage utilizando tecnologia Android.

 

Android foi feito para usuário final

Android foi feito para usuário final
A plataforma Android foi desenvolvida pelo Google para estar presente no dia a dia das pessoas, ajudando-as a organizar suas informações e acessá-las de forma rápida de qualquer lugar, gerando boas experiências de trabalho, entretenimento e relacionamento. Tudo no Android é pensado na experiência de uso do sistema e dos aplicativos que podem ser instalados nele, bem como na segurança dos dados que essas pessoas manipulam em seus dispositivos.

O “problema” nisso tudo é que aplicações de Digital Signage que rodam em players Android não contam com um usuário operando a aplicação – exceções são os projetos de interativade em totems e tablets.

Com isso, várias operações mais avançadas em equipamentos Android, devido ao foco em experiência de uso e segurança, precisam de permissões especiais, e muitas delas demandam que o usuário confirme ou autorize o aplicativo a executar algum procedimento.

A notícia boa é que os desenvolvedores de software para Digital Signage têm feito um ótimo trabalho e estão conseguindo contornar essas situações.

Mas você deve ficar atento e avaliar bem a compatibilidade entre o aplicativo escolhido e o equipamento que está sendo adquirido.

Alguns fabricantes de software homologaram seus produtos para um único hardware, como forma de prevenir problemas de compatibilidade.

Outras empresas não limitam que seus softwares sejam utilizados em hardwares específicos, dando flexibilidade ao cliente para escolher o equipamento que melhor se adeque a sua necessidade e sua capacidade de investimento, mas recomendam determinadas plataformas já homologadas. É o caso da nossa plataforma, o 4YouSee.

 

Descontinuidade de Versão

Descontinuidade de versão
Tenho visto empresas de diferentes tamanhos comprar diferentes quantidades de equipamentos de diferentes fabricantes. Muitas das vezes as compras são feitas no Mercado Livre ou diretamente com o fabricante chinês.

A operação se inicia, vai bem, e depois de alguns meses é necessário fazer uma nova compra.

Rara são as vezes que a mesma versão do dispositivo está disponível. Isso não necessariamente vai resultar em problema, mas pode ocorrer de alguns players terem comportamentos diferentes, demandarem configurações novas antes da implantação, e possuírem indicadores de desempenho diferente dos lotes comprados anteriormente.

Ao negociar compra desses equipamentos, pergunte ao fornecedor como é o roadmap de produto, quais são as atualizações planejadas. Pergunta qual é o tempo médio que seus produtos ficam em linha.

 

Garantia e Assistência Técnica

Garantia e Assistência Técnica
Alguns equipamentos têm chegado ao Brasil por meio de importações diretas. As redes em geral avaliam os equipamentos muito rapidamente e já os enviam para os locais onde estão instalados os displays.

Depois de alguns meses, se começarem os problemas, não haverá assistência técnica ou garantia e, possivelmente, até a aquisição de novos equipamentos do mesmo fabricante poderá não ser viável devido à demora para importar.

A dica aqui é colocar tudo na ponta do lápis.

Será que importar diretamente da China é realmente mais barato? Você lembrou de incluir na sua análise a aquisição de alguns equipamentos de reserva para substituir os defeituosos? Há algum conhecimento sobre a taxa de defeitos? Verificou qual a política de devolução e troca do fabricante? Considerou eventuais prejuízos comerciais caso seus pontos fiquem desligados por algum tempo em caso de problemas de equipamento?

Apresentamos neste artigo alguns itens para se atentar durante a escolha de seu equipamento Android. Enxergamos que o Android é uma plataforma adequada para projetos de Digital Signage, e de ótimo custo se comparada a outros ambientes. Tomadas certas precauções, é possível conseguir resultados operacionais e financeiros excelentes.

Conte-nos um pouco sobre a suas experiências com a aquisição de dispositivos Android para seu projeto de Digital Signage. Quais foram as suas dificuldades? Conte-nos o que o levou a ter sucesso? Ainda tem alguma dúvida?

Joaquim Lopes Júnior (@joaquimlopes) é diretor executivo do 4YouSee, onde é responsável pelo roadmap de produto. Atua também apoiando o planejamento estratégico de marketing e vendas. Mestre em Ciência da Computação pela UFMG, tendo pesquisado sobre métodos ágeis para desenvolvimento e garantia de qualidade de produtos de tecnologia da informação.

Ebook