0 Compart. Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Compart. ×

Digital Signage, ou sinalização digital, é uma das maiores tendências da publicidade atualmente. Por meio de uma mídia dinâmica é possível tornar anúncios cada vez mais atraentes, chamando a atenção dos consumidores.

Você já deve ter visto telas de digital signage que não conseguem entregar a mensagem desejada. Muitas vezes, um simples detalhe pode comprometer todo o seu investimento, causando descontentamentos e prejuízos para a sua operação.

Tendo essa preocupação em mente, decidimos listar os erros mais comuns e como evitá-los.

São soluções que valem para TV Corporativa, rádio corporativa interna (indoor), menu board digital ou algum outro meio de sinalização digital.

Confira as nossas dicas e saiba como escapar de erros que podem comprometer seu investimento em Digital Signage!

1. Não atentar-se ao conteúdo e sua forma de apresentação

O erro aqui é migrar um conteúdo estático para o Digital Signage, deixando de aproveitar o real potencial dessa ferramenta.

Desfrute dos recursos disponíveis e dê vida à sua tela!

Vá além dos textos, vídeos, vinhetas e imagens padrões.

Busque inovar e entregar um conteúdo realmente valioso e atrativo. Acompanhe as tendências do momento e se relacione melhor com o seu público.

Por exemplo, integração com redes sociais é uma prática que desperta a atenção e promove mais visibilidade para a sua marca. Já pensou em utilizar?

Além disso, muitos conteúdos estáticos perdem totalmente o propósito dentro do Digital Signage, por isso, é preciso adaptar o conteúdo a esse tipo de mídia.

2. Desatualização

Qual é a sua sensação ao olhar para uma tela que contém um conteúdo atraente, dinâmico, porém a previsão do tempo é da semana passada e as notícias de ontem?

Sim, é como anular todas as vantagens do Digital Signage.

Por se tratar de uma forma de mídia bastante dinâmica, é necessário que os conteúdos veiculados sejam, além de interessantes, atualizados regularmente para que essa mídia possa promover seus objetivos e não anular o potencial dos anúncios.

3. O local de instalação das telas

Vamos combinar, de que adianta disponibilizar um conteúdo incrível, mas que as pessoas não conseguem enxergar?

Por isso, estudar o melhor local para instalar as telas é de suma importância para atingir o seu objetivo.

Além disso, o sucesso da sua estratégia também pode ser comprometido caso a sua tela não seja instalada em um local com um bom volume de circulação de pessoas.

Mas também vale lembrar que a altura da tela é um detalhe importante que não deve ser deixado de lado.

Leia mais: Como atrair anunciantes para sua rede de Digital Signage

4. Call to action

O recurso de call to action vem sendo amplamente utilizado em mídias digitais como forma de gerar conversão.

Da mesma forma, esse recurso também pode ser usado pelo Digital Signage como forma de transformar telespectadores em consumidores.

Sempre nos anúncios é importante incluir uma chamada para a ação, seja ela visitar sua loja, seguir seu negócio nas redes sociais, visitar seu site ou outros.

O call to action costuma gerar ações muito bem sucedidas especialmente quando vinculadas a benefícios.

Ofereça um desconto ou mesmo um mimo para o consumidor que interagir com o seu anúncio. Isso atrai a atenção do público para os seus produtos ou serviços.

5. Layout

Outro ponto que merece atenção no Digital Signage é o layout de apresentação do anúncio.

Como esse tipo de comunicação é mais dinâmico do que as mídias convencionais, é preciso atentar se a compreensão e a leitura estão alinhadas.

O layout é o principal elemento que influencia na percepção do cliente, por isso ele precisa ser bem trabalhado.

Um dos principais cuidados a serem tomados é evitar incluir muitas informações, uma fonte muito pequena e não distribuir bem as informações no espaço, tornando-o confuso.

Procure sempre adaptar o layout à velocidade da apresentação do anúncio.

6. Problemas com os players

Os equipamentos utilizados pelas mídias de Digital Signage, assim como todos os equipamentos eletrônicos, demandam alguns cuidados e eventualmente uma manutenção técnica.

Por isso, é importante que as empresas de Digital Signage contem com uma boa equipe técnica para evitar que problemas com os players signifiquem a interrupção das campanhas e consequentemente prejuízos ao cliente (e à empresa, evidentemente).

Além da equipe, a qualidade do equipamento pode comprometer a sua estratégia.

Saiba o que perguntar aos fornecedores na hora de comprar o seu conteúdo para digital signage.

Certifique-se de que está adquirindo produtos capazes de garantir o bom funcionamento da sua operação. Afinal, um player parado não traz vantagem alguma para a sua empresa.

Você tem boas experiências com Digital Signage?

Tem dúvidas se vale a pena adotar esse tipo de mídia para o seu negócio?

Deixe seus comentários abaixo e compartilhe sua experiência conosco!

0 Compart. Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Compart. ×