Certamente você já ouviu falar do Pix. Mas pode ser que ainda esteja inseguro e não conheça a dinâmica dessa ferramenta poderosa para as suas vendas. Entenda como você pode utilizar e criar maior comodidade para o seu cliente!

O que é o Pix?

O Pix é uma solução de pagamento instantânea em que a quantia paga é disponibilizada ao recebedor em poucos segundos. Semelhante ao tradicional TED (Transferência Eletrônica Disponível), já ofertada pelos bancos desde 2002. A grande vantagem é a gratuidade para Pessoas Físicas pagadoras, diferente da TED, que pode chegar a custar R$20,00 por operação.

Vários países já possuem serviços comparáveis ao Pix, como por exemplo o IBAN europeu. Por aqui já era possível realizar esse tipo de transação via aplicativos como o PicPay, mas a versão criada pelo Banco Central promete democratizar rapidamente os pagamentos digitais diretos. Inclusive, também para pessoas que não possuem conta bancária. O Pix é obrigatório para todas as instituições financeiras com mais de 500 mil clientes.

Como funcionam os pagamentos?

Após a empresa se cadastrar com a chave de sua preferência, ela poderá gerar cobranças através de links e QR code. A segurança das transações é garantida pela senha de cada usuário dentro dos próprios aplicativos financeiros e as transações também serão criptografadas. Simples e com taxas reduzidas ou mesmo, gratuidade.

Como funciona o Pix para as empresas?

Os custos e agilidade são os primeiros benefícios que chamam a atenção dos empresários. Mas muito além dessas vantagens diretas, e principalmente neste momento onde o mercado digital está muito aquecido, o Pix é uma oportunidade de alavancar as suas vendas. Adotar este meio de pagamento aumenta a sua competitividade e disponibilidade, pois as transações não são limitadas a horários como nos serviços bancários convencionais.

Para Pessoa Jurídica, o custo de recebimento é diminuído drasticamente por não haver intermediários. O Banco Central divulgou que o Pix custará aos bancos menos de R$0,01 por operação, enquanto a TED unitária custa atualmente, R$0,07. O preço varia de acordo com a instituição financeira, e vale lembrar que algumas estão prometendo gratuidade para atrair mais usuários.

Lilian Teixeira, do nosso financeiro, relata sobre a experiência com o Pix aqui na 4YouSee: “tivemos economia nas transações de transferências e nosso processo de pagamentos e recebimentos foram otimizados. Ganhamos um bom tempo na execução dessas atividades”. 

A sua empresa está apta para receber pagamentos via Pix através de seu próprio banco ou serviço bancário, dentro do mesmo canal, é possível habilitar a nova modalidade de pagamento. Isso ocorre através de uma chave, que é o seu número de identificação. Ele pode ser o CNPJ, telefone ou uma sequência aleatória gerada automaticamente.

Quais as vantagens de usar o Pix?

pix
Referência: Banco Central

Ao aderir a esta novidade, a sua empresa se posiciona estrategicamente como pioneira e oferece mais comodidade para o consumidor, eliminando barreiras como a diferença entre o banco do cliente e o seu. 

É importante entender que a experiência do cliente passa por melhorias significativas em um ponto de contato delicado, o pagamento. Além da percepção de modernidade e eficiência que a ferramenta confere ao seu negócio, descomplicar o pagamento traz fluidez e estímulos positivos em relação à compra.

Lembrando que incentivar o uso do Pix como alternativa de pagamento é interessante também para reduzir os seus custos operacionais. Uma solução “ganha-ganha” para o comprador e o vendedor para impulsionar o varejo significativamente, não perca esta oportunidade!

Como comunicar o Pix na sua empresa?

Para garantir o sucesso das suas operações via Pix, é importante informar sobre o funcionamento e ressaltar os benefícios atrelados. Posicione a praticidade e incentive o uso para pagamentos baseados na praticidade e rapidez. Lembre-se que esta é uma oportunidade de aprimorar a experiência dos clientes.

Apresente a novidade, popularize o nome Pix dentro dos seus atendimentos e comunicados. Disponha-se a conduzir o cliente com proximidade e entusiasmo no uso da ferramenta. Afinal, a inovação inclui mudanças na jornada do seu cliente e agrega valor transformador para que ele consuma também outros produtos. 

Destaque-se na competitividade e encante o seu cliente com pioneirismo, agilidade e uma entrega que ultrapassa a relação com a sua empresa e o leva a explorar esse novo método de pagamento que promete se difundir rapidamente. 

E aí, já está usando o Pix no seu negócio?
Até breve, com mais conhecimentos da nossa empresa para a sua!